Notícias

 

O Presidente do Instituto participou, a convite da CAF e do The Dialogue, na reunião anual do banco.

Nas conferencias de Washington, discutiu-se a situação económica, social e política dos países da América Latina. Foi anunciado que o crescimento previsto para a região é de 2% para este ano e de 2,2% para 2019.

Outro dado em destaque foi a estabilização do ritmo a que tem descido a pobreza e chamou-se a atenção para as questões fiscais e orçamentais, já que dos 33 países da América Latina e Caraíbas apenas um não apresenta défice fiscal.

As  questões da produtividade, da qualidade do ensino, da justiça, da corrupção e da burocracia continuam a ser identificadas como alguns dos maiores desafios da América Latina e Caraíbas.

O Presidente do IPDAL aproveitou ainda para manter várias reuniões à margem do Encontro.