Notícias

Estados Membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa aceitaram candidatura apresentada pelo governo de Assunção.

Foi durante o IX Encontro “Triângulo Estratégico: América Latina – Europa – África”, realizado em Julho 2020 pelo IPDAL, que o Ministro dos Negócios Estrangeiros do Paraguai anunciou a apresentação da candidatura ao estatuto de Observador Associado. Segundo Antonio Rivas Palacios, “a CPLP é o melhor caminho para chegar a África, para fazer acordos de associação e alianças económicas”.

No dia 24 de setembro de 2020, o Comité de Concertação Permanente da CPLP confirmou que os Estados Membros “apreciaram favoravelmente” a candidatura paraguaia. O processo pode agora avançar para a Cimeira de Chefes de Estado e de Governo, que deverá ratificar o parecer agora emitido.

Para o Presidente do IPDAL, “trata-se de um mais um grande passo, que aproxima realmente os países latino-americanos do bloco lusófono. O interesse do Paraguai na CPLP, bem como a sua aceitação pelos países de língua portuguesa vem ainda reforçar o compromisso do Instituto em aumentar as dinâmicas políticas, diplomáticas e económicas entre as duas regiões. É também um sinal de que estamos a fazer bem o nosso trabalho e que a mensagem do IPDAL está a ser ouvida pelos mais altos decisores, tanto na América Latina, como em África”.

Uruguai, Chile e Argentina são os outros países latino-americanos já admitidos oficialmente no lote de 12 Estados e Organizações Internacionais que são Observadores Associados da CPLP.

Também o IPDAL é, desde 2016, Observador Consultivo da Comunidade.