Notícias

Leia aqui a nota de apoio, do Presidente do IPDAL, à candidatura de António Guterres a Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

«Desde a primeira hora que o IPDAL tem promovido e apoiado publicamente a candidatura de António Guterres a Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas.

O Instituto considera que o ex-Primeiro-Ministro de Portugal é um candidato com inigualável experiência, política e parlamentar. António Guterres liderou um dos principais partidos políticos em Portugal e presidiu à Internacional Socialista, numa altura que esta organização tinha preponderância e projeção internacional.

Teve ainda a experiência  governativa à frente do executivo de Portugal. Mais tarde, foi o responsável por uma das mais importantes agências das Nações Unidas, precisamente aquela que se ocupa dos refugiados, um tema incontornável hoje em dia. No ACNUR, o seu trabalho foi reconhecido como “excecional”.

Este vasto currículo político, parlamentar, executivo, diplomático e de gestão de António Guterres é uma marca que o define como um grande candidato a Secretário-Geral da ONU. O português, que venceu todas as primeiras votações para o cargo, conhece muito bem os grandes problemas e os grandes desafios do Mundo. Tem o perfil ideal e a capacidade de diálogo necessária para resolver muitos desses problemas. Conhece bem a máquina das Nações Unidas. E vem de Portugal, um país amigo de todos os países.

É por todos estes motivos que, como Presidente do IPDAL, manifesto o meu inteiro entusiasmo por esta candidatura. António Guterres participou no V Encontro “Triângulo Estratégico: América Latina – Europa – África”, organizado pelo IPDAL em Maio de 2016. Nessa oportunidade, manifestou grande conhecimento e aproximação aos temas que dizem respeito aos três continentes e à triangulação atlântica. Como Presidente do IPDAL, tenho aproveitado todas as oportunidades para promover as qualidades do candidato António Guterres. Fi-lo várias vezes: em iniciativas do IPDAL em Lisboa. Em Madrid, em Washington e em vários países da Ásia e de África onde tenho estado nas ultimas semanas. Hoje mesmo, aqui em Nova Iorque, testemunhei a enorme projeção e importância que esta candidatura está a atingir, comprovada na votação desta manhã, no Conselho de Segurança da ONU. António Guterres será um grande Secretário-Geral das Nacoes Unidas.


Paulo Neves, Nova Iorque 9 setembro 2016»