Notícias

O IPDAL manifesta a sua solidariedade para com a República Federativa do Brasil, na sequência do trágico incidente que vitimou mais de 200 pessoas no Estado do Rio Grande do Sul.

 

No Domingo, dia 27 de Janeiro, um incêndio deflagrou numa discoteca, onde se encontravam maioritariamente jovens universitários. O fogo teve inicio quando um engenho pirotécnico, lançado durante um concerto, atingiu o teto da discoteca. A maioria das vítimas acabou por morrer asfixiada.

A Presidente Dilma Roussef, que se encontrava na Cimeira CEPAL-UE no Chile, antecipou o seu regresso e decretou três dias de luto nacional.

Este foi o incêndio que mais mortes provocou no Brasil, em mais de 50 anos.