Notícias

O Instituto organizou, com o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa, uma conferência dedicada a debater as relações entre a União Europeia e a América Latina e Caraíbas.

“Os acordos comerciais são um fator necessário para o desenvolvimento das economias. O livre comércio e uma política de  economia aberta são cruciais para a manutenção da Paz”. Foi esta uma das ideias-chave do debate onde participaram os eurodeputados portugueses Francisco Assis e António Marinho e Pinto.

O Presidente da Delegação do Parlamento Europeu para as Relações com o Mercosul e o Vice-Presidente da Delegação para as Relações com o Brasil defenderam a necessidade da União Europeia perder o medo e abrir os seus mercados aos países da América Latina. Francisco Assis e António Marinho e Pinto sublinharam que é fundamental que sejam feitas concessões e que se atinjam compromissos, para que se possa avançar na concretização do Tratado UE-Mercosul.

fotografia 3

O debate teve como pano de fundo a resolução do Parlamento Europeu sobre as relações políticas da União Europeia com a América Latina, aprovada no passado dia 13 de Setembro, no Hemiciclo de Estrasburgo.

Assistiram à conferência vários embaixadores latino-americanos e europeus, académicos, representantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros e de Câmaras de Comércio.