Notícias

O historiador argentino Ignacio F. Bracht foi o convidado especial da iniciativa “Do Pacto do ABC ao Mercosul”.

A conferência organizada pela Embaixada da Argentina e pelo Instituo versou sobre os desafios e oportunidades da aliança comercial, que reúne Argentina Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela, face a uma globalização cada vez mais questionada.

No dia 14 de junho, o académico argentino falou sobre a tensão militar vivida na América do Sul no início do século XX, que viria a dar origem ao acordo de paz e cooperação entre a Argentina, o Brasil e o Chile – o Pacto do ABC – como tentativa de criação de um bloco regional. Explicou ainda o fenómeno de evolução política e económica que deu posteriormente origem aos tratados como o Mercosul, Aliança do Pacífico, a Unasul e ALBA.

No Grémio Literário, tentou-se perceber como estes mecanismos de integração poderão ser veículos para o estabelecimento de possíveis acordos de cooperação com outras organizações regionais como a União Europeia e para fazer frente ao reaparecimento do isolacionismo e do protecionismo em tempos em que a regionalização e a globalização são postas em causa.