Notícias

11 anos depois da fundação, o IPDAL muda de imagem e passa a significar “Instituto para a Promoção da América Latina e Caraíbas”.

Foi aprovada, no decorrer de reuniões em sede de Assembleia-Geral, Direção e Conselho Consultivo, a alteração do nome, imagem corporativa e objeto social do Instituto.

Fruto da alteração, passou-se de “Instituto para a Promoção e Desenvolvimento da América Latina” para Instituto para a Promoção da América Latina e Caraíbas, de modo a continuar a fortalecer, de um modo ainda mais ambicioso, integracionista e abrangente, os laços já sólidos entre o IPDAL e a região.

Sendo a América Latina e Caraíbas uma das zonas do Mundo com maiores níveis de crescimento económico e desenvolvimento sociopolítico, que partilha com Portugal uma afinidade histórica, linguística e cultural, bem como uma identidade comum, o IPDAL irá realizar ainda mais atividades para promover a região em Portugal, e vice-versa, nos âmbitos económico e empresarial, institucional, académico e cultural.

Parte do continente americano, a região da América Latina e Caraíbas é constituída por 33 países, sendo que o IPDAL trabalha diariamente com as Embaixadas dos 12 países residentes em Lisboa, com os quais tem uma relação de enorme proximidade, e que são os seus principais interlocutores e destinatários.

Os 33 países são: Antigua e Barbuda, Argentina, Bahamas, Barbados, Belize, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Dominica, El Salvador, Equador, Grenada, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Jamaica, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Santa Lúcia, São Cristóvão e Nevis, São Vicente e Grenadinas, Suriname, Trinidade e Tobago, Uruguai e Venezuela.