Notícias

Projeto da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, com o apoio do IPDAL e apadrinhado pela Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, foi apresentado publicamente.

No dia 17 de Setembro, estiveram presentes em conferência de imprensa, o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Luís Campos Ferreira, o Embaixador Francisco Seixas da Costa, o Presidente e o Secretário-Geral do IPDAL e os órgãos dirigentes da AHRESP.

Os principais objetivos desta Rede de Restaurantes Portugueses no Mundo são estimular a exportação de produtos de origem nacional e, segundo o vice-presidente da AHRESP, Paulo Mendonça, “premiar os profissionais que mantêm viva a gastronomia portuguesa” no mundo.

Deste projeto, vão fazer parte restaurantes acreditados, que se tornarão espaços de afirmação da cultura portuguesa, através da gastronomia e dos produtos de origem nacional. A Rede pretende ter abrangência mundial, mas vai dar os primeiros passos em Macau e em Brasília.

A AHRESP considera que os restaurantes que integrarem este projeto vão tornar-se “espaços de afirmação da cultura portuguesa, através da gastronomia e dos produtos de origem nacional. A Associação defende que a gastronomia é “um património cultural reconhecido e construído de história e tradição, que devemos proteger e promover. Este projecto permite não só concretizar estas ideias, mas também potenciar a economia e a agricultura nacional”.

O IPDAL associou-se a esta iniciativa desde o primeiro momento, manifestando a sua inteira disponibilidade para contribuir para o êxito do projeto.