Notícias

O relatório “Como pode a América Latina representar 5% das exportações portuguesas?” foi alvo de destaque em vários meios estrangeiros.

A agência EFE, o La Expansión e o El Economista publicaram declarações do Secretário-Geral do IPDAL onde explica a importância do documento que pretende contribuir para a duplicação das exportações portuguesas para a região. O representante do Instituto defendeu que as comunidades portuguesas em países como Brasil ou Venezula “são imprescindíveis para podermos ter vantagens competitivas e aceder a conhecimentos que muitos dos nossos competidores não têm. É uma forma de nos diferenciamos, sobretudo dos Estados Unidos e da China”.

el economista01

Filipe Domingues chamou a atenção para a importância de se conseguir o tão aguardado acordo entre a União Europeia e o Mercosul, tendo concluído que “os países latino-americanos têm em Portugal e Espanha o seu interlocutor mais válido, relevante e de confiança em todas as negociações multilaterais com a U.E.”

Pode consultar as notícias fazendo clique aqui e aqui ou seguinte as hiperligações: http://www.expansion.com/latinoamerica/2018/12/30/5c28bfeae2704eb75b8b45c1.html e https://www.eleconomista.es/mercados-cotizaciones/noticias/9608822/12/18/Portugal-atento-al-potencial-de-Latinoamerica-para-exportar.htm