Notícias

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, e os chefes de Governo de Espanha, Itália e Eslovénia participam esta quarta-feira num jantar oferecido pelo Presidente português, Cavaco Silva, no final da I Cimeira UE/Brasil, soube hoje a Lusa de fontes diplomáticas comunitárias.

A participação de Sarkozy, José Luis Zapatero, Romano Prodi, Janez Jansa e José Sócrates no jantar com o Presidente Luís Inácio Lula da Silva vai conferir "maior peso político" à primeira cimeira UE/Brasil, como pretendia o Presidente português, ao endereçar o convite a estes dirigentes.

No jantar, que assinala o lançamento da parceria estratégica entre a União Europeia e o Brasil, participam ainda o presidente da Comissão europeia, Durão Barroso, o alto representante para a Política Externa da UE, Javier Solana, e a comissária europeia para as Relações Externas, Benita Ferrero-Waldener.

A presidente cessante do Conselho Europeu, Angela Merkel, também foi convidada e aceitou deslocar-se a Lisboa, mas incompatibilidades de agenda de última hora impedem-na de estar presente.

Antes do jantar de Estado, está agendada uma conferência de imprensa com José Sócrates, Durão Barroso, Lula da Silva e Javier Solana.

O primeiro-ministro José Sócrates, presidente em exercício do Conselho Europeu de líderes da UE, afirmou sexta-feira, em Lisboa, que as principais prioridades da presidência portuguesa da União Europeia, que começou no domingo, podem traduzir-se em poucas palavras: "O tratado substituto da falhada Constituição dos 27, Brasil, África e Estratégia de Lisboa" para a modernização e reforço da competitividade da economia europeia e para a criação de empregos.

Público