Relatórios

De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a sub-região América Central irá crescer 3.9% em 2015 e 4.2% em 2016. Para o México, o FMI prevê um crescimento de 2.3% este ano e 2.8% em 2016. A expansão da economia colombiana será de 2.5% em 2015 e 2.8% em 2016; o Chile regista um c
Ler mais
As mais recentes previsões do Banco Mundial apontam para a retoma do crescimento económico da região latino-americana em 2016. O Banco Mundial perspetiva que o crescimento regional atinja 1%. Panamá (6%), República Dominicana (4,9%) e Nicarágua (4,6%) lideram a lista dos países que mais ir
Ler mais
De acordo com o estudo Latinobarómetro, o Equador e a Bolívia foram os países da região que registaram progressos socioeconómicos mais significativos. Estes progressos são relativos à perceção do público e, no geral, estes dois países foram capazes de melhorar os seus indicadores. De
Ler mais
A Comissão Económica das Nações Unidas para a América Latina (CEPAL) prevê que as economias mais próximas dos Estados Unidos registem níveis positivos de crescimento económico. Entre os países sul-americanos, a Bolívia liderará os índices de crescimento do PIB, registando uma taxa de
Ler mais
No relatório ‘’Chile: Policy Priorities for Stronger and More Equitable Growth’’, a OCDE traça algumas recomendações importantes para que um crescimento mais forte e equitativo do país. (more…)
Ler mais